Teoria 4 – 2019.2

Ementa: Tópicos sobre teorias do contemporâneo e literatura latino-americana.

Obs.: a maioria dos textos não está disponível na internet. Mas todos estão na pasta da professora no xerox do andar 11.

Aula 1: Apresentação da disciplina: objetivos, programa, cronograma, bibliografia e avaliação;
Aulas 2 e 3: Lionel Ruffel: Zum, zum, zum — Estudo sobre o nome contemporâneo ruffel zum zum

Aulas 4 e 5: Verbete O contemporâneo, do Indicionário do contemporâneo
Aula 6: Ítalo Moriconi: Circuitos contemporâneos do literário circuitos contemporaneos do literario
Aula 7: Josefina Ludmer: Literaturas autônomas
Aula 8: Josefina Ludmer: Literaturas pós-autônomas literaturas pos autonomas 

Aula 9: Florência Garramuño: A inespecificidade na literatura contemporânea. Ler cap 1: práticas da impertinência: Garramuno-Florencia-Frutos-estranhos
Aula 10: Literatura e verdade: O boxeador polaco, de Eduardo Halfon
Aula 11: Seminário sobre César Aira: literatura e procedimento: livros em português a escolher: A confissão; A costureira e o vento; Como me tornei freira; Os fantasmas; Noites de flores Como me tornei freira e A costureira e o vento
Aula 12: Seminário sobre poesia: Monodrama, AZEVEDO-Carlito-Monodrama-pdf de Carlito Azevedo e O eco de minha mãe, de Tamara KamenszainKAMENSZAIN, Tamara. O eco da minha mãe
Aula 13: Seminário sobre Literatura e performance: Parque das ruínas, Tem-Pais-Na-Paisagem- de Marília Garcia; Lugares onde não estou, de Paloma Vidal ; Uma mulher, Flávia Péret. Em obras: Ciclo de palestras performáticas.
Aula 14: Escrita não criativa: Escrever sem escrever: literatura e apropriação, Leonardo Villa-forte (o autor estará na Uerj)
Aula 15: Avaliação final

Avaliação: nota na apresentação e do trabalho escrito do seminário escolhido. Obs.: A disciplina reprova por faltas. Presença mínima: 70%.

Bibliografia
AIRA. César. La confesión. Buenos Aires: Beatriz Viterbo, 2009.
AIRA, César. A confissão. Trad. Hugo Almeida, Ieda Magri, Juliana Ribeiro, Mariana Teixeira. Sem publicação.
AIRA, César. Como me tornei freira, seguido de A costureira e o vento. Trad. Angélica Freitas. Rio de Janeiro, Rocco, 2013.
AIRA, César. Os fantasmas. Trad. Joca Wolff. Rio de Janeiro: Rocco, 2017.
AIRA, César. As noites de flores. Trad. Paulo Andrade Lemos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006.
BOURDIEU, Pierre. As regras da arte. Gênese e estrutura do campo literário. Trad. Maria Lucia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
GARCIA. Marília. Parque das ruínas. São Paulo: Luna Parque, 2018
GARRAMUÑO, Florencia. Frutos estranhos: sobre a inespecificidade na estética contemporânea. Trad. Carlos Nougué. Rio de Janeiro: Rocco, 2014.
HALFON, Eduardo. O boxeador polaco. Trad. Lui Fagundes. Rio de Janeiro: Rocco, 2014.
KAMENSZAIN, Tamara. Una intimidad inofensiva. Los que escriben con lo que hay. Buenos Aires: Eterna Cadência, 2016.
KAMENSZAIN, Tamara. O livro dos divãs. Trad. Carlito Azevedo e Paloma Vidal. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2015.
LUDMER, Josefina. Aqui América latina. Uma especulação. Belo Horizonte: UFMG, 2010.
MAGRI, Ieda. César Aira e as histórias que se fazem sozinhas. In: MELLO, Luiza Laranjeira da Silva et all (Org). Reinvenções da narrativa. Rio de Janeiro: PUC, 2019.
MORICONI, Ítalo. “Circuitos contemporâneos do literário”. Gragoatá (UFF), v. 20, p. 147-163, 2006.
PEDROSA, Célia; KLINGER, Diana; WOLFF, Jorge; CÁMARA, Mário. (org). Indicionário do contemporâneo. Belo Horizonte; UFMG, 2018.
PERET, Flávia. http://umamulher.org/umaMulher.html
RUFFEL, Lionel. Zum, zum, zum: estudo sobre o nome contemporâneo. Revista Celeuma, n. 4, maio de 2014. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/celeuma/article/view/87724
VILLA-FORTE, Leonardo. Escrever sem escrever: literatura e apropriação. Belo Horizonte: Relicário, 2019.
VIDAL, Paloma. Em obras. Ciclo de palestras performáticas. In: https://cicloemobras.wordpress.com/
VIDAL, Paloma. Dois. Lugares onde não estou (coleção). Rio de Janeiro: 7 Letras, 2015.
VIDAL, Paloma. Durante. Lugares onde não estou (coleção). Rio de Janeiro: 7 Letras, 2015.
VIDAL, Paloma. Wyoming. Lugares onde não estou (coleção). Rio de Janeiro: 7 Letras, 2018.
VIDAL, Paloma. Menini. Lugares onde não estou (coleção). Rio de Janeiro: 7 Letras, 2018.
VIDAL, Paloma; PESSOA, Elisa. Dupla exposição. Rio de Janeiro: Rocco, 2015.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s