Problemas e definições do campo da estética em perspectiva histórica

PROGRAMA DE POS-GRADUAÇÃO EM LETRAS _UERJ
CURSO: Problemas e definições do campo da estética em perspectiva histórica
Ieda Magri — Quintas, 19 às 22h — meet.google.com/agc-qdmc-zjn

Ementa
Discussão dos problemas e definições do campo da estética a partir de cinco tópicos da histórica da arte, notadamente no que diz respeito a sua relevância para pensar a literatura e as artes hoje.

Programa
1 Da mímesis da representação à mímesis da produção (26 de novembro e 03 de dezembro)
Aula 1: Introdução à questão da mimese: Costa Lima, Cap. 2 de Frestas, Roteiro de um trajeto: “Repensar a mímesis a partir dos gregos” (de p. 102) e “Repensar a mímesis a partir de sua rejeição pelos modernos” (até p. 117) costa-lima_roteirodeum-trajeto_frestas
Leituras de apoio: Platão: A-republica_livro 10 e Aristóteles: Poetica
Aula 2: Mímesis da produção: Costa Lima, Cap. 2 de Frestas, Roteiro de um trajeto: “Mímesis e representação” (de p. 131 a 144)
Leituras de apoio: Guimarães Rosa: “Meu tio, o iauarete” e Haroldo de Campos “A Linguagem do Iauaretê”, em Metalinguagem e outras metas.

2 O problema da autonomia (10 de dezembro e 04 de fevereiro)
Aula 3: Bourdieu: Cap. 1: A conquista da autonomia_Bourdieu_As-regras-da-arte
Leituras de apoio (sugestão): A Educação sentimental, de Gustave Flaubert e As ilusões perdidas, de Balzac
Aula 4: Peter Burger: “Sobre o problema da autonomia da arte na sociedade burguesa”, em BURGUER-Sobre-o-Problema-Da-Autonomia-Da-Arte

3 Pós-autonomia (11, 18 e 25 de fevereiro)
Aula 5: Josefina  LUDMER_Literaturas postautónomas otro estado de la escritura + “Literaturas autônomas” e “Literaturas pós-autônomas” em LUDMER-Josefina-Aqui-America-Latina
Aula 6: Tamara Kamenszain “Testemunhar sem metáfora” em OS+QUE+ESCREVEM+COM+POUCO_ZAZIE+EDICOES_2019
Aula 7: Florência Garramuño Frutos-estranhos
Leitura de apoio: Indicionario-Do-Contemporaneo, Pedrosa et all.

4 Literatura expandida (04, 11 e 18 de março)
Aula 8: Graciela Speranza: “Despues de Duchamp” em Fuera-de-Campo-Literatura-y-Arte-Argentinos-Despues-de-Duchamp
Aula 9: Alan Pauls: “Alan-Pauls-El-Arte-de-Vivir-en-Arte”, em Temas lentos
Aula 10: César Aira Sobre a arte contemporânea
Leitura de apoio: “A obra de arte na época da reprodutibilidade técnica”, de Walter Benjamim

5 Regimes das artes e contemporaneidade (25 de março, 01 e 08 de abril)
Aula 11: Rancière “Os paradoxos da arte política, de O espectador emancipado
Aula 12:  “Duas cenas de linguagem”, de Laddaga-Reinaldo-Estetica-de-La-Emergencia
Leitura de apoio: Rancière, A partilha do sensivel
Aula 13: Encerramento com a discussão das propostas de cada aluno para o trabalho final

REFERÊNCIAS
AGUILAR, Gonzalo; CÁMARA, Mario. La máquina performática: la literatura en el campo experimental. Buenos Aires: Grumo, 2019.
AIRA, César. Sobre el arte contemporáneo seguido de En la Habana. Buenos Aires: Literatura Handom House, 2018.
AIRA, César. Sobre a arte contemporânea. Trad. Victor da Rosa. Pequena biblioteca de ensaio. Rio de Janeiro: Zazie Edições, 2019. Disponível em: https://static1.squarespace.com/static/565de1f1e4b00ddf86b0c66c/t/5ab0e65baa4a991774b0cdd6/1521542756036/ZAZIE+EDICOES_PEQUENA+BIBLIOTECA+DE+ENSAIOS_CESAR+AIRA_2018.pdf
AIRA, César. Evasión y otros ensayos. Buenos Aires: Literatura Handom House, 2018.
ARISTOTELES; HORACIO; LONGINO. A poética clássica. Trad. Jaime Bruna. 12.ed. Snao Paulo: Cultrix, 2005.
BARTHES, Roland. Inéditos – Vol 1 – Teoria. Trad. Ivone Castilho Bendetti. São Paulo: Martins Fontes, 2004.
BOURDIEU, Pierre. As regras da arte. Gênese e estrutura do campo literário. Trad. Maria Lucia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
BURGUER, Peter. Teoria da vanguarda. Trad. José Paulo Antunes. São Paulo: Ubu, 2017.
CAMPOS, Haroldo. Metalinguagem e outras metas. São Paulo: Perspectiva, 2016.
COSTA LIMA, Luiz. Frestas. A teorização em um país periférico. Rio de Janeiro: Contraponto; Editora da PUC, 2013.
COSTA LIMA, Luiz. A ficção e o poema. São Paulo: Cia das Letras, 2012.
DANTO, Arthur C. O abuso da beleza. Trad. Pedro Sussekind. São Paulo: Martins Fontes, 2018.
GARRAMUÑO, Florencia. La experiencia opaca. Literatura y desencanto. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica de Argentina, 2009.
GARRAMUÑO, Florencia. Frutos estranhos: sobre a inespecificidade na estética contemporânea. Trad. Carlos Nougué. Rio de Janeiro: Rocco, 2014.
KAMENSZAIN, Tamara. Una intimidad inofensiva. Los que escriben con lo que hay. Buenos Aires: Eterna Cadência, 2016.
KAMENSZAIN, Tamara. Os que escrevem com pouco. Trad. Luciana de Leone. Rio de Janeiro: Zazie edições, 2019.
LADDAGA, Reinaldo. Estética da emergência. A formação de outra cultura das artes. Trad Magda Lopes. São Paulo: Martins Fontes, 2012.
LADDAGA, Reinaldo. Espectáculos de realidad. Ensayo sobre la narrativa latinoamericana de las últimas décadas. Rosário: Beatriz Viterbo Editora, 2007.
LADDAGA, Reinaldo. Estética de laboratório. Estratégias das artes do presente. Trad. Magda Lopes. São Paulo: Martins Fontes, 2013.
LUDMER, Josefina. Aquí América latina. Una especulación. Buenos Aires: Eterna Cadência, 2010.
MAGRI, Ieda. Da dificuldade de nomear a produção do presente: a literatura como arte contemporânea — Matraga, Rio de Janeiro, n. 50, v. 28, 2020.
MAGRI, Ieda. Sobre a dificuldade de nomear a produção do presente: Rancière e Laddaga e os regimes das artes. Aletria, Belo Horizonte: n. 29, v. 3, 2019.
MAGRI, Ieda. Literatura e autonomia: uma leitura a partir do posicionamento de Roberto Bolaño. Revista Landa, Florianópolis, v. 1, n. 2, 2013.
PAULS, Alan. Temas lentos. Chile: Ediciones Universidad Diego Portales, 2012.
PEDROSA, Célia; KLINGER, Diana; WOLFF, Jorge; CÁMARA, Mário. (org). Indicionário do contemporâneo. Belo Horizonte; UFMG, 2018.
PLATÃO. A república. Trad. Leonel Vallandro. Rio de Janeiro: EDIOURO, s/d.
RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível. Trad. Mônica Costa Neto. São Paulo: Editora 34, 2005.
RICOEUR, Paul. Tempo e narrativa, v. I. Campinas: Papirus, 1994.
ROSA, João Guimarães. Estas estórias. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2015.
RUFFEL, Lionel. Zum, zum, zum: estudo sobre o nome contemporâneo. Revista Celeuma, n. 4, maio de 2014. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/celeuma/article/view/87724
SPERANZA, Graciela. Fuera de campo. Literatura y arte argentinos después de Duchamp. Barcelona: Anagrama, 2006.
SPERANZA, Graciela. Cronografías: arte y literatura en un tiempo sin tiempo. Barcelona: Anagrama, 2017.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s